30/12/12

Quiñones, Kelvin e Sebá nos convocados do FC Porto para visita ao Estoril


As chamadas de Quiñones, Kelvin e Sebá para os lugares dos lesionados Maicon, James e Kleber marcam a convocatória do FC Porto para o jogo de domingo com o Estoril, da Taça da liga de futebol.
De acordo com informação divulgada no sítio do clube, Maicon e James Rodriguez, que foram chamados para o último jogo, disputado a 19 de dezembro com o Nacional, têm mialgias de esforço, enquanto Kleber contraiu uma rotura muscular na face posterior da coxa direita.
Para fazer face às ausências, o treinador Vítor Pereira chamou o colombiano Quiñones o brasileiro Sebá, que esta época só alinharam pela equipa B, e o avançado brasileiro Kelvin.
Os "dragões" defrontam o Estoril em jogo referente à segunda jornada do Grupo A da Taça da Liga, pelas 18.15 horas de domingo, após terem vencido na primeira ronda o Nacional, por 2-0, no encontro que fecha o ano 2012.

26/11/12

F.C. Porto é única equipa invicta na Europa

O F.C. Porto é a única equipa invicta na Europa, depois de somar domingo, no reduto do Sporting de Braga (2-0), na 10.ª jornada da I Liga de futebol, o 18.º encontro sem perder em 2012/2013.
O "onze" de Vítor Pereira soma 15 triunfos e três empates, dois para o campeonato, ambos fora (0-0 com o Gil Vicente e 2-2 com o Rio Ave), e um para a Liga dos Campeões (0-0 no reduto do Dínamo de Kiev), com 40-8 em golos.
Entre os clubes dos campeonatos principais dos 53 países que integram o "ranking" da UEFA, o FC Porto é o único sem derrotas em 2012/2013, depois dos recentes desaires do Murata (São Marino) e do AEK Larnaca (Chipre), equipas que, esta época, não participaram nas competições europeias.
Os "dragões" já eram, há muito, os resistentes sem desaires entre as equipas que estiveram ou estão ainda na Liga dos Campeões ou na Liga Europa, sendo que também ostentam o estatuto de melhor equipa da "Champions".
A uma jornada do final da fase de grupos, o FC Porto é a única equipa com 13 pontos, face a cinco triunfos e apenas um empate (9-2 em golos), quando ainda tem de jogar no reduto do Paris Saint-Germain, a 04 de dezembro.
Na Taça de Portugal, a equipa "azul e branca" também está nos oitavos de final, defrontando sexta-feira o Sporting de Braga, novamente na "Pedreira", depois de ter afastado Santa Eulália (1-0) e Nacional (3-0), com triunfos fora.
A arrancar a temporada, o FC Porto venceu ainda a Académica por 1-0 e conquistou a Supertaça Cândido de Oliveira, graças a um golo do colombiano Jackson Martinez, que tem sido uma das grandes figuras da equipa, a par do compatriota James Rodriguez.
No que respeita em exclusivo aos campeonatos dos diversos países europeus, os "dragões" ainda repartem o estatuto de invictos com mais oito equipas, entre as quais o Benfica, que só perdeu na Liga dos Campeões (0-2 com o FC Barcelona e 1-2 no reduto do Spartak de Moscovo).
Na I Liga portuguesa, os "dragões" são líderes, mas apenas com um tento de vantagem sobre os "encarnados" (26-6 contra 25-6), numa altura em que as duas formações somam os mesmos oito triunfos e dois empates, para um total de 26 pontos.
FC Barcelona (Espanha), Manchester City (Inglaterra), Olympiacos (Grécia), de Leonardo Jardim, Anorthosis e AEL Limassol (ambos do Chipre), Skënderbeu Korçë (Albânia) e Murata (São Marino) são as outras equipas sem derrotas nos respetivos campeonatos nacionais.
Entre estas sete equipas, o "Barça" e o City são os que disputaram mais jornadas (13), sendo que os catalães só cederam uma igualdade (2-2 com o Real Madrid), enquanto o conjunto de Manchester já empatou cinco vezes.

Líder dos Superdragões suturado com 13 pontos na cabeça após carga policial


O líder dos Superdragões, Fernando Madureira, ficou ferido na cabeça após uma carga policial, domingo, no Estádio Axa, em Braga. Careceu de assistência hospitalar e foi suturado com 13 pontos.
Uma carga policial na bancada reservada aos Superdragões, no Estádio Axa, já perto do intervalo do jogo entre o Braga e o F. C. Porto, causou dois feridos, um deles o líder da claque portista.
"Estava a separar dois adeptos que se tinham pegado no túnel quando levei com o primeiro cassetete. Ainda pensei que era uma pedrada, mas depois voltei a ser agredido", disse Fernando Madureira, em declarações ao jornal desportivo "O Jogo".
Fernando Madureira foi assistido no local, mas ao intervalo teve de ir ao hospital, juntamente com um outro adepto portista que também careceu de cuidados hospitalares.
O líder dos Superdragões regressou ao Estádio Axa já no fim do jogo, com a cabeça ligada e depois de suturado com 13 pontos.

F. C. Porto ganha em Braga nos últimos minutos


O F. C. Porto manteve a liderança do campeonato, ao vencer este domingo à noite em Braga, por 2-0. James Rodríguez e Jackson Martínez fizeram, nos instantes finais, os golos da vitória portista.
Os dragões estiveram quase a ver fugir o Benfica, já que foi apenas aos 90 minutos que James desfez o nulo, num remate potente, mas feliz, uma vez que a bola ainda desviou em Douglão antes de entrar.
Já nos descontos, Jackson selou o triunfo azul e branco, fazendo o 2-0 com mais um remate vistoso, que lhe permitiu elevar para nove o número da conta pessoal de golos na Liga.

Protocolo com Ferroviário para formação em Moçambique

O FC Porto assinou na sexta-feira, um protocolo de cooperação com o Clube Ferroviário de Maputo (Moçambique), que prevê a abertura de uma escola de futebol Dragon Force.
A escola de formação vai funcionar no Campo da Baixa, onde treinam os atletas do emblema moçambicano, e o acordo será firmado entre o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, e o vice-presidente do Ferroviário, Aníbal Aleluia, num ato que será apadrinhado pela primeira dama de Moçambique, Maria da Liz Guebuza, no Estádio do Dragão.
Segundo comunicado divulgado no site dos portistas na internet, "esta parceria visa promover o desenvolvimento de um trabalho sustentado, não só em termos desportivos, mas sobretudo no plano social".
"A ideia é transportar os valores `azuis-e-brancos´ para a nova escola e para os escalões de formação do Ferroviário, havendo a intenção de alargar o âmbito desta cooperação a outras províncias de Moçambique, estreitando cada vez mais as relações entre o FC Porto e aquele país", refere a nota.
Segundo o FC Porto, esta parceria "contribuirá para vincar, de forma ainda mais expressiva, a marca do Dragão no continente africano" e prevê a revitalização das infra-estruturas do Ferroviário.
A comitiva moçambicana visitou as infra-estruturas portistas, nomeadamente o Vitalis Park, casa-mãe da escola de futebol Dragon Force.

21/11/12

Técnico do Zagreb aponta F. C. Porto como favorito

O treinador Ante Cacic, do Zagreb, apontou os portistas como favoritos absolutos para o jogo F. C. Porto-Dínamo de Zagreb, de quarta-feira, no Dragão, relativo à 5.ª jornada do Grupo A da Liga dos Campeões.
O F. C. Porto tem qualidade e tradição. É o favorito absoluto para o jogo. Mesmo assim, vamos dar o máximo... Às vezes acontecem surpresas. Nem sempre ganha o melhor no papel, observou o técnico.
Queremos terminar a série de derrotas [o Zagreg perdeu os quatro jogos da Liga dos Campeões]. Estamos motivados. Já vimos o belíssimo estádio. O F. C. Porto é uma das melhores equipas da Europa dos últimos 15/20 anos, acentuou Ante Cacic.
"Não queremos cometer erros de principiantes, como aconteceu no jogo de Zagreb (vitória portista, por 0-2). Vamos apostar no contra-ataque", terminou, apostando numa surpresa, mas vaticinando que o F. C. Porto acabará no primeiro lugar do Grupo A. É melhor do que o PSG. Vocês (jornalistas) irão ver no final, concluiu.

12/09/12

Portistas em ação pela Seleção Canarinho




Seleção Brasileira para ficar ativa fez amistosos nas datas Fifa. No último dia 7 de Setembro aniversário da Independência do Brasil , os brasileiros jogaram contra a África do Sul em São Paulo no estádio do Morumbi. Num jogo que foi um sufoco que sobrou vaias da torcida, Hulk agora ex portista vendido ao Zenit da Rússia salvou a pátria fazendo o gol da vitória por 1 à 0 contra os Bafana Bafana.
Também esteve em campo Alexsandro que entrou no lugar de Marcelo aos 15 minutos da etapa final.

Hulk vendido ao futebol russo por 60 milhões de euros, foi um dos jogadores mais importantes no FC Porto fazendo gols que trouxeram títulos ao Dragão como a Liga Europa.


Na segunda feira passada 10 de Setembro o Brasil foi até ao Nordeste mais precisamente a cidade do Recife jogar contra a China. Como adversário era bem inferior só dava Brasil e os chineses nem conseguiram chegar na defesa brasileira.
Brasil goleou por 8 à 0 com gol de Hulk e direito a homenagem a sua terra natal Paraíba.

Também esteve em campo o Portista Sandro que substitui Rômulo. Esses dois amistosos serviu para o técnico Mano Menezes, fazer experiências e fazer com que os jogadores se entrosem na seleção.
Pois os próximos jogos serão contra a Argentina no Superclássico das Américas.

03/09/12

Hulk marca denovo


Em mais uma rodada do Campeonato Português 2012/13 o FC do Porto fez as malas e foi até o Algarve enfrentar o Olhanense.
Time de Olhão começou assustando abrindo o placar já no início da partida mais o Dragão virou com gols de Jaimes Rodríguez, Jackson Martínez e o brasileiro Hulk.
Ainda deu tempo para o Olhanense descontar e fazer o seu 2º gol mais era tarde de mais. Mas uma vitória para os portistas ainda os brasileiros Maicon e Danilo estiveram em campo.

28/08/12

Janko três anos no Trabzonspor


A "Sport Promotion", empresa que representa Marc Janko, através do Rob Jensen, confirmou há momentos no "Twitter" que já existe acordo entre o FC Porto e o Trabzonspor para a transferência de Marc Janko. O avançado vai assinar por três temporadas pelo emblema turco, não tendo sido, para já, revelados os valores envolvidos.
Em janeiro, recorde-se, o FC Porto pagou três milhões de euros ao Twente para contratar Janko. O austríaco, porém, perdeu espaço no Dragão após a chegada de Jackson Martínez e terá pedido para sair.



27/08/12

Hulk deixa o dele na goleada contra o Vitória de Guimarães


O Brasileiro Hulk fez golo nesse final de semana contra o Vitória de Guimarães, com a goleada os dragões tiveram uma apresentação de campeões. Defendo com unhas e dentes o título do Campeonato Português.
Agora o FC Porto é um dos líderes com 4 pontos. Em duas rodadas nenhum time tem 100% de aproveitamento mostrando que essa época 2012/13 poderá ser emocionante até o último jogo.
Outro brasileiro que joga no time Alex Sandro também atuou no jogo.

26/08/12

FC Porto goleia Vitória de Guimarães


O bicampeão F.C. Porto conseguiu este sábado o primeiro triunfo na edição 2012/13 da I Liga portuguesa de futebol, ao golear o Vitória de Guimarães, por 4-0, na segunda jornada da competição.
A formação portista, que vinha de um empate em Barcelos, chegou ao intervalo a vencer pela margem mínima, com um golo de Lucho, mas respondeu à reação do Vitória com uma "bomba" de Hulk, novo golo do argentino e com uma "paradinha" de Jackson na conversão de uma grande penalidade.
Com três jogadores que tinham sido titulares frente ao Gil Vicente no banco, nomeadamente James Rodriguez, Miguel Lopes e Mangala, o F.C. Porto entrou decidido a apagar cedo a imagem deixada pelo nulo em Barcelos.
Com laterais renovadas, com Danilo e Alex Sandro, e com o dinâmico Atsu a municiar Jackson Martinez e Hulk, os "dragões" entraram bem no jogo e criaram desde logo grandes dificuldades ao Vitória de Guimarães.
Depois de duas ameaças, através de cruzamentos de Atsu e Hulk, aos 6 e aos 11 minutos, o FC Porto chegou à vantagem por Lucho Gonzalez (1-0), aos 16, com um potente remate após uma série de ressaltos.
O golo fez explodir de alegria o Estádio do Dragão, que voltou a vibrar escassos minutos volvidos com as tentativas de Jackson e Maicon, aos 17 e 19 minutos, que, no entanto, erraram a baliza vimaranense.
A tentar afastar a pressão dos "dragões", o Vitória de Guimarães só à passagem do minuto 21 conseguiu chegar à área de Helton, chamado a intervir para pôr cobro a um cruzamento de Ricardo.
O F.C. Porto voltou a criar perigo por Maicon, aos 23 minutos, através de um cabeceamento após livre de Moutinho, e por Jackson, aos 26, na sequência de um cruzamento de Atsu desviado pelo colombiano para as mãos do guarda-redes Douglas.
Aos 35 minutos, os portistas reclamaram por uma alegada grande penalidade por mão de um jogador do Vitória de Guimarães dentro da área, após remate de Lucho Gonzalez.
O intervalo chegou com o sinal mais a pertencer aos "dragões", primeiro com Defendi a negar o segundo golo a Lucho, aos 37 minutos, e depois com o ganês Atsu e o colombiano Jackson, aos 43 e 44, a falharem a baliza do Vitória.
Na segunda parte, o Vitoria de Guimarães surgiu mais atrevido e com a intenção de equilibrar os acontecimentos, pese embora tenham pertencido aos portistas as primeiras oportunidades para visar a baliza de Douglas.
N'Diaye afastou o perigo aos 50 minutos, perante a expectativa de Jackson, Soudani impôs-se aos 52 a um canto cobrado por Alex Sandro e, aos 53, foi o próprio defesa brasileiro a procurar o golo, mas o remate saiu fraco.
Em apenas dois minutos, aos 56 e 57, o Vitória levou o perigo a rondar a baliza dos "dragões", primeiro através de um livre cobrado por Bruno Teles e depois por um remate de Soudani, após uma saída em falso de Helton.
O F.C. Porto, perante a ameaça do empate, puxou dos galões de campeão, como tinha pedido o treinador Vítor Pereira, e chegou ao 2-0, aos 66 minutos, através de um pontapé explosivo de Hulk.
Com um jogo já de sentido único, os "dragões" dilataram a vantagem novamente por Lucho (3-0), aos 71 minutos, tirando partido de uma série de ressaltos na área, e por Jackson Martinez (4-0), aos 80, na conversão de uma grande penalidade.

25/08/12

Hulk e FC Porto sem proposta do Zenit


O sítio russo Lifesports garantiu que o FC Porto teria aceite uma proposta de 50 milhões de euros para a venda de Hulk, mas a informação, afinal, não corresponde à verdade.
O FC Porto, afinal, não recebeu uma proposta de 50 milhões de euros do Zenit para a venda de Hulk, apesar do sítio russo Lifesports ter garantido, esta sexta-feira, que o avançado brasileiro tinha recebido autorização da direção portista para negociar com o clube de São Petersburgo. Segundo apurou o DN, o futebol russo é uma opção descartada por Hulk, que não chegou sequer a receber qualquer proposta milionária - na Rússia falava-se em sete milhões de euros por época - do Zenit.
O assessor de Hulk no Brasil, Acaz Fellegger, garantiu ao DN que não houve nenhum contacto com o Zenit e que tinha acabado de falar com o empresário do brasileiro, Teodoro Fonseca, encarregado de tratar do futuro de Hulk.

RUMOR: Belluschi vai jogar no Bursaspor

O médio argentino de 28 anos, que não entrava nos planos de Vítor Pereira, vai transferir-se para o clube dos arredores de Istambul.
O acordo entre portistas e turcos deverá ser anunciado em breve e o Bursaspor vai pagar por Fernando Belluschi um valor que rondará os 2,5 milhões de euros. O FC Porto, no entanto, apenas detém 50% do passe do atleta, pertencendo a outra metade ao empresário Pini Zahavi.
O médio argentino, que na segunda metade da época passada jogou no Génova por empréstimo dos campeões nacionais, foi contratado pelo FC Porto aos gregos do Olympiakos em Junho de 2009. Na altura, os “azuis e brancos” pagaram ao clube de Atenas 5 milhões de euros por metade do passe do argentino.
Ao serviço dos portistas, Belluschi fez 69 partidas na Liga portuguesa, tendo marcado seis golos.

FC Porto empresta Sereno ao Valladolid

O defesa central Sereno foi emprestado pelo F.C. Porto ao Valladolid, informou esta sexta-feira o clube da Liga espanhola de futebol na sua página oficial na internet.
Este será um regresso de Sereno ao clube espanhol, que já representou na segunda metade da temporada 2009/10, depois de ter rescindido com o Vitória de Guimarães.
O defesa foi contratado pelo F.C. Porto aos espanhóis na época seguinte, na qual conquistou, apesar de ter feito poucos minutos, a Liga portuguesa, a Taça de Portugal e a Liga Europa.
Em 2011/12, Sereno, de 27 anos, esteve emprestado aos alemães do Colónia.
Sereno já deverá treinar no sábado com os novos companheiros de equipa, sendo depois apresentado como reforço do Valladolid.

Álvaro Pereira no Inter de Milão


A SAD portista comunicou à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a venda de Álvaro Pereira ao Inter de Milão, por 10 milhões de euros, podendo a transferência render ainda mais cinco milhões de euros, dependendo de uma "remuneração variável".
No comunicado, a SAD informa que a oficialização do negócio só depende da "formalização do contrato de trabalho" entre Álvaro Pereira e o Inter de Milão.
O defesa-esquerdo do F. C. Porto, cuja cláusula de rescisão estava fixada em 30 milhões de euros, só fazia, ultimamente, trabalho de ginásio, pois o seu destino estava traçado e passava pelo estrangeiro. Já na época passada, o jogador esteve à beira de assinar pelo Chelsea, mas a transferência gorou-se devido ao desacordo de verbas.
O internacional uruguaio, de 26 anos e presença constante na seleção "celeste", chegou ao Estádio do Dragão em 2009/10, por um valor de 4,5 milhões de euros, proveniente dos romenos do Cluj, numa época em que chegou a ser dado como certo no Benfica.
"Assinei em quatro minutos", disse Álvaro Pereira, que começou a sua carreira sénior nos uruguaios do Miramar Misiones, jogando depois no Quilmes e nos Argentinos Juniors, ambos da Argentina, antes de se transferir para a Roménia.
Depois de se ter assumido, quase de imediato, como titular indiscutível dos "dragões", o "Palito" começou a perder o lugar no final da última temporada, já depois de ter sido noticiado que o FC Porto teria negado a transferência para o Chelsea.
Este ano, Álvaro Pereira não foi utilizado em nenhum encontro -- oficial ou de pré-época - pelo treinador dos "azuis e brancos", Vítor Pereira, estando a treinar à parte do restante plantel há algum tempo.
Álvaro Pereira teve ainda um desentendimento com o avançado brasileiro Kleber num treino do FC Porto, incidente confirmado pelo próprio técnico.
No Inter de Milão, o lateral vai reencontrar o colombiano Fredy Guarin, que também deixou o FC Porto esta temporada, depois de já ter estado emprestado aos milaneses na segunda metade da última época.
Também no clube milanês Álvaro Pereira terá a companhia do colega de seleção Walter Gargano, cuja transferência também foi hoje confirmada.

Vítor Pereira: “Comportem-se como campeões”


Vítor Pereira considerou que faltou agressividade ao F. C. Porto na estreia na Liga, em Barcelos, com o Gil Vicente (0-0). Para a 2.ª jornada, sábado, frente ao Guimarães, o técnico vai exigir um "comportamento de campeão" à equipa portista e promete não arranjar desculpas.
"Faltou ritmo na circulação da bola. Faltou agressividade e intensidade para chegar à área. Não fomos capazes. Fomos previsíveis. Temos que exigir mais a nós próprios. Quero uma equipa que perceba que somos campeões nacionais. Quero um comportamento de campeão", sublinhou Vítor Pereira, no Olival, esta quinta-feira, na antevisão do jogo F. C. Porto-Guimarães.
Ainda sobre os pontos perdidos em Barcelos, o técnico reiterou as críticas ao estado do relvado e à arbitragem, mas garantiu que não entrará no discurso da desculpabilização permanente. "A relva, sim, de facto estava alta. Acerca da arbitragem, e após ter visionado o jogo, continuo a entender que ficaram penáltis por marcar. Mas, atenção, não disse que a arbitragem foi mal intencionada. Todos cometemos erros. Não vou entrar na culpabilização permanente, nem arranjar desculpas. Demarco-me dessa postura", assinalou.
Sobre a declaração do defesa-central Maicon, ao afirmar que o F. C. Porto é a melhor equipa de Portugal, o técnico foi cauteloso. "Nos últimos anos fomos os melhores, porque ganhámos mais títulos. No futuro? Será preciso provar que somos os melhores, em campo, com resultados. No final ver-se-á", adiantou.
Acerca da incertezas no plantel, causadas pelo mercado de transferências, Vítor Pereira admitiu que este período afeta os jogadores, mas também salientou tratar-se de uma realidade incontornável. "Naturalmente que o mercado mexe com a cabeça das pessoas. É preciso minimizar esses efeitos. E esperar que o mercado feche, para que o plantel fique definido", referiu.
Convidado a pronunciar-se sobre o comportamenrto dos outros candidatos ao título, na 1.ª jornada da Liga, afirmou ser cedo para tirar conclusões. "É prematuro estar a fazer avaliações rigorosas", finalizou.

24/08/12

Porto pela 2ª Jornada da Liga Zona Sagres 2012/13

FC do Porto tem a missão de defender o seu título. Amanhã o Dragão com o apoio do seus adeptos recebe o Vitória de Guimarães.
Para quem está fora de Portugal e não pode ir ao estádio ou ver pelas televisões que transmitem o jogo. Tem a possibilidade de escutar pelas rádios que transmitirão os relatos pela internet.

Liga Zon Sagres 2012/13

25 de Agosto

20:30 - Porto x Vitória de Guimarães

Rádio Santiago (Guimarães)

Horário de Lisboa

20/08/12

James Rodríguez: "Gostava de jogar em Espanha"


O colombiano admite que o campeonato do país vizinho é o que mais o atrai e do sonho que é representar a seleção aos 21 anos.
"Sei que ainda sou jovem e tenho muito para aprender, mas gostava de um dia jogar em Espanha. É um Liga que sempre acompanhei, muito diferente da inglesa, que é mais física. O jogo em Espanha é mais técnico, com mais posse de bola. É por isso que gosto mais dele", referiu o jogador do FC Porto numa entrevista ao site da FIFA.
O colombiano de apenas 21 anos falou também da satisfação em ser já uma presença assídua na principal seleção do seu país. "Estou muito orgulhoso, claro. Sendo tão novo e já estar na seleção nacional é muito importante. Além disso, torna-se ainda mais especial por ter estado no ano passado com os Sub-20. Sonho em jogar com a camisola 10 da seleção desde que sou um jovem e felizmente é isso que estou a fazer agora. É algo muito importante para mim, sempre quis sair-me bem com o meu país", declarou, admitindo que o compatriota Carlos Valderrama sempre foi a sua referência.

F. C. Porto empatou em Barcelos na estreia na Liga


O bicampeão F. C. Porto, reforçado com Hulk de início, e com Alex Sandro, no decurso da segunda parte, não foi além de um empate sem golos, este domingo, ante o Gil Vicente, em Barcelos, na 1.ª jornada da Liga. O guarda-redes gilista Adriano foi a figura do jogo.
Na primeira parte, as oportunidades escassearem. O F. C. Porto teve mais posse de bola, mas o Gil Vicente, muito bem posicionado, dificultou, em muito, a manobra portista, nas ações ofensivas.
O segundo tempo foi mais mexido. O técnico portista, Vítor Pereira, arriscou, com as entradas de Alex Sandro e Kléber. Mais tarde também colocou em campo Atsu. Houve pressão e oportunidades, com Hulk e Jackson em destaque, mas o golo não apareceu.
O guarda-redes Adriano esteve em evidência, ao contrariar as tentativas do F. C. Porto. O empate sabe a pouco aos dragões.

FC Porto B empata a zero com U. Madeira


O FC Porto B empatou este sábado a zero com o União da Madeira, em jogo a contar para a 2.ª jornada da Segunda Liga. Os jovens Dragões ainda não venceram, mas também ainda não perderam. Na quarta-feira a equipa disputa a 3.ª jornada, no terreno do Portimonense.
O jogo começou com o FC Porto B no ataque, com Fábio Martins a efectuar um bom remate logo aos dois minutos e Dellatorre cinco minutos mais tarde também ameaçou a baliza de Christopher.
Quase sempre com a bola, perante um União da Madeira muito recuado e que tentava sair em contra-ataque, o FC Porto B desenhou belas jogadas, quase sempre com Sebá e Dellatorre como protagonistas, mas também Sérgio Oliveira se destacou, com dois ou três bons passes de ruptura.
Os madeirenses só por uma vez ameaçaram a baliza do FC Porto B, quando um mau atraso permitiu que Steve se isolasse, mas o remate saiu ao lado.
Na segunda parte, o jogo não mudou de figura, com os jovens Dragões ao ataque e o União da Madeira a espreitar o contra-ataque. Um bom remate, ligeiramente ao lado, de Sebá, aos 59 minutos parecia querer empurrar a equipa para a frente, mas a verdade é que quem brilhou a seguir foi Stefanovic, com uma série de defesas importantes, que impediram os madeirenses de chegarem à vantagem.
O FC Porto B esteve quase a conseguir a vitória aos 86 minutos, quando Dellatorre assistiu de cabeça para o remate de Mikel, que saiu por cima. Já nos descontos, foi Stefanovic que salvou a equipa, com mais uma excelente intervenção, a impedir o golo do veterano Ávalos.

FICHA DE JOGO

FC Porto B – U. Madeira, 0-0
Segunda Liga, 2.ª jornada
18 de Agosto de 2012
Estádio Jorge Sampaio
Assistência: cerca de 2157 espectadores

Árbitro: Vasco Santos (Porto)
Assistentes: Paulo Vieira e Ludovico Franco

FC PORTO B: Stefanovic, Diogo Mateus, Zé Antónoio, Tiago Ferreira, Victor Luís; Mikel, Sérgio Oliveira, Edu; Sebá, Fábio Martins e Dellatorre.
Substituições: Fábio Martins por Frederic (69m), Sérgio Oliveira por Pedro Moreira (73m)
Treinador: Rui Gomes

U. MADEIRA: Christopher; Carlos Manuel, Ávalos, Kiko, Alex; Tiago, Hugo Morais, Joel, Rúben Andrade, Steve e Marquinhos.
Substituições: Marquinho Por Christian (46m), Joel por Thiago Faria (51m), Hugo Morais por Lucas (77m)
Treinador: Pedrag Jokanovic

Cartões amarelos: Ávalos (44m), Mikel (56m), Rúben (63m), Kiko (78m), Thiago Faria (85m)

19/08/12

Trio olímpico convocado para Barcelos

O FC Porto realizou este sábado o último treino antes da estreia no campeonato nacional 2012/2013, numa partida agendada para as 18h15 de domingo, em Barcelos, frente ao Gil Vicente. Com praticamente todo o plantel disponível, Vítor Pereira não hesitou em convocar os regressados Alex Sandro, Danilo e Hulk.
Relativamente ao encontro da Supertaça saem da convocatória Rolando, André Castro e Djalma.
Quanto à sessão matinal deste sábado, Rafa manteve-se em tratamento e Alvaro Pereira efectuou trabalho condicionado no ginásio. Djalma continua ausente, a tratar de assuntos pessoais.

Lista de convocados:
Helton e Fabiano (guarda-redes); Danilo, Lucho, Maicon, João Moutinho, Jackson Martínez, James, Kleber, Hulk, Miguel Lopes, Varela, Mangala, Fernando, Alex Sandro, Atsu, Otamendi e Defour.

18/08/12

Alex Sandro pela seleção brasileira


O Portista Alex Sandro participou do amistoso da Seleção Brasileira contra a Suécia na despedida do Estádio Rasunda que será demolido e construído um conjunto de condomínios.

17/08/12

Djalma emprestado aos turcos do Kasimpasa


O treinador do FC Porto, Vítor Pereira, confirmou o empréstimo de Djalma aos turcos de Kasimpasa, por uma época.
O técnico justificou a cedência com a vontade expressa pelo futebolista angolano de pretender jogar mais. Djalma, que esteve ao serviço da selecção angolana na vitória frente a Moçambique (2-0), foi utilizado na última época a titular em dez jogos, seis dos quais na Liga, entre eles os disputados frente ao Benfica, Sporting e Sporting de Braga.
A pretensão de Djalma, ainda de acordo com Vítor Pereira, que falava na antecipação da estreia na I Liga, domingo, em Barcelos, frente ao Gil Vicente, vai ao encontro ao interesse do clube, que pretende conceder mais horas de jogo ao angolano.

Otamendi: “Arrancar com uma vitória”


Queremos arrancar bem, com uma vitória", afirmou Nicolás Otamendi, ontem de manhã. O central argentino foi o porta-voz da ambição dos dragões, que não esqueceram o deslize da época passada em casa do Gil Vicente (1-3).
"Temos de fazer bem as coisas em Barcelos e respeitar o adversário. O FC Porto precisa de títulos e sabemos que uma vitória surge sempre atrás de outra", defendeu.
Para o central, a provável saída de Hulk não tira o sono aos portistas: "A ausência dele é importante, mas há jogadores no plantel capazes de o substituir."
Entretanto, o colombiano Jackson Martínez disse não sentir "pressão para igualar ou superar" Falcão, que fez 41 golos em 51 jogos com a camisola portista. "Vou escrever a minha própria história", avisou.
Sem motivos para sorrir no Dragão está o extremo Djalma, que não entra nos planos de Vítor Pereira e deverá ser emprestado a um clube da Turquia.
A imprensa internacional deu ainda conta do interesse do FC Porto e do Manchester City na contratação do médio francês Zitouni (Lyon), de 18 anos.

Vìtor Pereira não fala de Hulk e reintegra Álvaro Pereira


Na antevisão do jogo Gil Vicente-F. C. Porto, de domingo (18.15 horas, SportTV1), o treinador portista, Vítor Pereira, não quis falar sobre o mercado e a possibilidade de Hulk ser transferido, mas anunciou que Álvaro Pereira foi reintegrado nos trabalhos do plantel.
"Não vou comentar, nem me coloquem perguntas acerca do mercado. Também não me perguntem sobre as declarações dos jogadores. Só comentarei as questões relativas ao mercado quando estiver fechado o período de transferências", disse, esta sexta-feira, no Olival, adiantando que Hulk, assim como João Moutinho, estão disponiveis para o jogo de Barcelos.
"Já eram nossos jogadores na época passada e estão identificados com o clube", acrescentou acerca da disponibilidade, para domingo, de Danilo e Alex Sandro, outros dois internacionais olímpicos brasileiros que só se apresentaram agora e não fizeram a pré-temporada.
"A vitória na Supertaça deu confiança. Estamos preparados. O jogo de Barcelos, na última época, está bem vivo na memória. Aconteceu lá a nossa única derrota. Na altura, atribui o mérito ao Gil Vicente, mas toda a gente sabe como perdemos", lembrou, aludindo à arbitragem de Bruno Paixão, sem citar o nome do juiz.
Para Vítor Pereira, "não haverá desculpas" para um resultado menos conseguido frente aos gilistas. Nem mesmo os jogos das seleções, que tiraram 15 jogadores ao plantel, esta semana. "Acho lamentável. Mas temos que viver com isto. A minha opinião de nada vale [para a FIFA]. Não é a melhor maneira de iniciar a Liga, mas não servirá de desculpa", prometeu.
O treinador revelou que a escolha do capitão da equipa será tomada no fim de Agosto, quando o plantel estiver formado em definitivo, e anunciou a reintegração do uruguaio Álvaro Pereira, que até aqui treinava à parte. "Fez trabalho especifico de ginásio, porque voltou da seleção. É nosso jogador e contamos com ele", assumiu.

13/08/12

Hulk marca mais México "Peralta" é campeão olímpico

Fotos: Terra

Brasil e México um dos clássicos do futebol masculino, teve mais um capítulo na final dos Jogos Olímpicos de 2012. Brasil já levou um gol com Peralta aos 28 segundos de partida. Com o gol sofrido Brasil se desesperou e não conseguia chegar ao ataque.

Só a partir dos 15 minutos de maneira tímida com Leandro Damião. Alex Sandro não fazia boa partida e Mano Menezes decidiu colocar no seu lugar Hulk.
Com a substituição Brasil melhorou e chegava mais ao ataque. Hulk mandou uma bomba e o goleiro do México defendeu e no rebote quase Brasil chegou ao gol de empate. Placar do primeiro foi México 1-0 Brasil.

Mano apostou em Hulk e deu resultado 1 gol para o Brasil apesar da derrota.

Volta do intervalo o México continuava dando trabalho, até que erros da defesa canarinha fez que os mexicanos quase ampliassem. Contaram com a sorte porque Peralta teve um gol anulado. Mais ele denovo fez o o segundo gol dessa vez valeu e ampliou para 2 à 0.

Mais um título sobre o Brasil se repetiu também foram campeões da Copa Ouro, Copa das Confederações e Mundial Sub-20

Brasil fazia substituições chegava ao ataque mais a bola não entrava. Até que no final do jogo Hulk diminui mais era tarde demais. No último lance de cabeça Oscar quase empatou o jogo. Mais era a vitória do México campeão olímpico. Brasil amarga mais uma vez a medalha de Prata foi assim em 1984 Los Angeles, 1988 Seul e 2012 Londres.
Danilo outro jogador de FC do Porto esteve no banco de reservas.
Agora Brasil se volta para o amistoso contra a Suécia, na despedida do Estádio Rasunda palco da primeira conquista da Copa do Mundo para a seleção canarinho em 1958.


FICHA TÉCNICA:
BRASIL 1X2 MÉXICO
Local: Estádio Wembley, Londres (ING)
Data-hora: 11/08/2012, às 11h (de Brasília)
Árbitro: Mark Clattenburg (ING)
Auxiliares: Stephen Child (ING) e Simon Back (ING)
Gols: Peralta (0'28"/1ºT), Peralta (29'/2ºT) e Hulk (45'/2ºT)
Cartões amarelos: Marcelo (BRA), Reyes (MEX), Vidrio (MEX)
Cartões vermelhos: Não houve
BRASIL: Gabriel, Rafael da Silva (Lucas, 39'/2ºT), Thiago Silva, Juan e Marcelo; Sandro (Alexandre Pato, 25'/2ºT), Rômulo, Alex Sandro (Hulk, 31'/1ºT) e Oscar; Neymar e Leandro Damião. Técnico: Mano Menezes

MÉXICO: Corona; I. Jimenez (Vidrio, 35'/2ºT), Salcido, Mier e Chavez; Reyes, Enriquez, Herrera e Fabian; Aquino (Ponce, 11'/2ºT) e Peralta (R. Jimenez, 40'/2ºT). Técnico: Luis Fernando Tena

Por Carlos Santos, Curitiba - BRASIL

FC Porto B estreia-se a empatar em Tondela


O FC Porto B estreou-se no campeonato da Segunda Liga com um empate em Tondela a dois golos. Dellatorre bisou e foi a figura da partida, mas os jovens Dragões acabaram por ser traídos por erros colectivos em dois pontapés de canto, que impediram a vitória.
O jogo começou com o FC Porto B a controlar a bola e o jogo e logo aos 11 minutos adiantou-se no marcador, com um belo remate de cabeça de Dellatorre, após cruzamento de Vítor Luís da esquerda.
Pouco depois Seba surgiu pela esquerda em boa posição, mas o remate do jovem brasileiro bateu na trave. Ainda na primeira parte, Seba foi travado em falta quando seguia isolado, provocando a expulsão do central Pica.
A verdade é que a vantagem numérica acabou por ser contraproducente para os jovens jogadores dos Dragões, que permitiram o empate ao Tondela, com Tiago Barros a concluir de cabeça um pontapé de canto, aos 42 minutos.
A segunda parte começou da pior forma possível para o FC Porto B, que sofreu novo golo de canto, apenas dois minutos após o recomeço. A defesa demorou a afastar a bola, que acabou por sobrar para Piojo, que atirou para a rede.
A perder, a equipa foi para o ataque, encontrou um Tondela de bloco baixo, que dificultou muito a tarefa dos Dragõezinhos. Uma grande jogada de Dellatorre, aos 76 minutos, valeu o empate: arrancada pela direita, tabelinha com Edu, com o brasileiro a concluir com um remate cruzado e indefensável.

FICHA DE JOGO
Tondela - FC Porto B, 2-2
Segunda Liga, 1.ª jornada
12 de Agosto de 2012
Estádio João Cardoso
Assistência: cerca de 1500 espectadores
Árbitro: Nuno Almeida (Algarve)
Assistentes: Paulo Ramos e Valter Rufo
Quarto árbitro: Pedro Neves
TONDELA: Bruno; Edson Silva, Pica, Carlos André, Pedro Araújo; Fábio Pacheco, Tiago Barros, Márcio Sousa, L. Aurélio, Dyego Sousa e Piojo.
Substituições: Luís Aurélio por Ericson (46m), Dyego Sousa por Jo (60m), Márcio Sousa por Bacar (82m).
Treinador: Vítor Paneira
FC PORTO B: Stefanovic, David, Zé Antónoio, Tiago Ferreira, Victor Luís; Mikel, Sérgio Oliveira, Edu; Sebá, Fábio Martins e Dellatorre.
Substituições: Sérgio Oliveira por Vion (66m), Fábio Martins por Tozé (90m)
Treinador: Rui Gomes
Ao intervalo: 1-1
Marcadores: Dellatorre (11m e 76m)), Tiago Barros (42m), Piojo (47m)
Cartões amarelos: Sérgio Oliveira (38m), Edson Silva (45+1m), David (49m), Ericson (53m), Carlos André (75m), Edu (80m)
Cartão vermelho: Pica (26m)

12/08/12

“Jackson fez o que se pede a um ponta-de-lança”

Depois de conquistada a 19.ª Supertaça, a quarta consecutiva, Vítor Pereira falou de uma vitória justa, de um adversário digno e de uma equipa coesa, a do FC Porto, que terminou mais um jogo sem sofrer qualquer golo. Sobre Jackson Martínez, o autor do cabeceamento decisivo, sublinhou a oportunidade e a capacidade de trabalho do colombiano. Para melhorar, acrescentou o próprio.

Vítor Pereira:
Tivemos momentos bons, mas no final da primeira parte deixámos de fazer o nosso jogo característico de controlo com bola. Voltámos bem na segunda parte e, por aquilo que fizemos, creio que foi um resultado justo, frente a um adversário que valorizou o jogo e o espectáculo. Foi mais um jogo em que não consentimos qualquer golo. É, portanto, uma equipa coesa. Os golos do Jackson vão acontecer naturalmente, porque se trata de um jogador com muita qualidade, que vai ajudar-nos a crescer. Trabalhou muito e, na hora certa, apareceu a fazer um golo. É isso que se pede a um ponta-de-lança.

Jackson Martínez:
Estava difícil fazer a bola entrar na baliza. A Académica foi um adversário difícil, que complicou muito o nosso trabalho. Agora é desfrutar e continuar a trabalhar para melhorar. Creio que o FC Porto vai ser ainda mais forte na Liga.

Tetra-Supertaça ao ritmo do Cha-Cha-Cha


O FC Porto conquistou este sábado a sua 19.ª Supertaça, que é também o seu primeiro “tetra” na competição e o 72.º troféu oficial. A taça segue para o Estádio do Dragão graças a um golo em cima dos 90 minutos de “Cha-Cha-Cha” Martínez, que marcou na estreia oficial com a camisola dos Dragões. A Académica, detentora da Taça, saiu derrotada por 1-0, num encontro totalmente dominado pelos azuis e brancos.
Bem se pode dizer que o Estádio Municipal de Aveiro funciona como uma espécie de amuleto para o FC Porto. A competição disputou-se aqui pela quarta vez consecutiva, sendo que os Dragões venceram todas as edições disputadas em Aveiro, frente a Paços de Ferreira (2009), Benfica (2010), Vitória de Guimarães (2011) e agora Académica. Destas quatro, foi a equipa de Coimbra a opor mais resistência aos portistas. Quando já se adivinhava o prolongamento, valeu o cabeceamento fulgurante de Jackson Martínez, após cruzamento de Miguel Lopes, que momentos antes tinha estado prestes a abandonar o relvado, por lesão.
O FC Porto dominou a partida desde o arranque, ensaiando uma pressão alta que obteve bons resultados nos primeiros minutos. Ainda assim, a primeira ocasião apenas surgiu aos 17 minutos, com Mangala, na sequência de um canto, a ficar perto de marcar. Três minutos depois, deu-se a melhor jogada do primeiro tempo: uma triangulação entre Lucho, Miguel Lopes e James culminou num remate do colombiano à figura de Ricardo.
A melhor ocasião dos azuis e brancos nos primeiros 45 minutos surgiria na sequência de um livre directo de Maicon, aos 27: Ricardo defendeu para a frente, Atsu chegou primeiro à bola mas não conseguiu assistir Otamendi nas melhores condições. O ganês esteve pouco tempo depois de novo em destaque, com um remate perigoso.
O adversário, bem organizado, apenas se aproximou da baliza portista perto do intervalo, através de um livre de Hélder Cabral que passou ainda assim bem ao lado da baliza de Helton. No último lance da etapa inicial, Mangala voltou a estar perto de abrir o marcador, ao cabecear por cima da barra um canto de James.
A segunda parte iniciou-se no mesmo registo, com muito mais posse de bola por parte dos portistas, e de novo com uma boa oportunidade de golo: Lucho assistiu Jackson, que aproveitou uma falha de Reiner para rodar sobre a bola e rematar. Porém, o disparo saiu por cima. Ainda antes dos 60 minutos, Vítor Pereira lançou João Moutinho e Djalma, para os lugares de Defour e Atsu, e a pressão sobre a equipa de Coimbra, a defender com cada vez mais homens, aumentou.
Jackson e Djalma foram incapazes de desviar um cruzamento de James e depois foi Otamendi, de “bicicleta”, aos 67 minutos, a forçar Ricardo a defender em cima da linha. Nos últimos 15 minutos, o jogo “partiu-se”, com o FC Porto a deixar mais elementos na frente e a Académica a dispor de mais espaço para o contra-ataque. No entanto, os Dragões nunca desistiram de chegar ao golo e acabaram por ver a sua insistência premiada. Pelo volume de ataque produzido, o FC Porto justifica mais um troféu, perante um adversário que pareceu sempre apostado em adiar a decisão para a lotaria das grandes penalidades.

FICHA DE JOGO
FC Porto-Académica, 1-0
Supertaça Cândido de Oliveira 2012
11 de Agosto de 2012
Estádio Municipal de Aveiro
Assistência: 26.825 espectadores
Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria)
Assistentes: João Santos e Luís Marcelino
Quarto árbitro: Jorge Tavares
FC PORTO: Helton; Miguel Lopes, Maicon, Otamendi e Mangala; Fernando, Lucho (cap.) e Defour; James, Jackson Martínez e Atsu
Substituições: Defour por João Moutinho (57m), Atsu por Djalma (57m) e Lucho por Varela (86m)
Não utilizados: Fabiano, Rolando, Castro e Kleber
Treinador: Vítor Pereira
ACADÉMICA: Ricardo; Rodrigo Galo, João Real, Reiner Ferreira e Hélder Cabral; Flávio Ferreira (cap.), Makelele e Cleyton; Marinho, Cissé e Afonso
Substituições: Afonso por Ogu (71m), Marinho por Magique (86m) e Makelele por Edinho (91m)
Não utilizados: Peiser, João Dias, Henrique e Bruno China
Treinador: Pedro Emanuel
Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Jackson Martínez (90m)
Cartões amarelos: Defour (53m), Hélder Cabral (61m), Otamendi (88m) e Jackson (91m)

11/08/12

Zé António: “Temos condições para fazer um bom campeonato”

Zé António é o jogador mais experiente do FC Porto B e tem, por isso, funções alargadas dentro do grupo de trabalho. O central tem sido aposta regular de Rui Gomes e prepara-se para ser um dos esteios de uma equipa muito jovem, recheada de bons valores e capacitada para dar muitas alegrias aos adeptos do FC Porto. A visita ao Tondela, no domingo, para a estreia na Segunda Liga, é o início da aventura.

Um regresso que agrada
Foi com muita satisfação que recebi o primeiro contacto das pessoas do FC Porto. É também um bom sinal, porque consideram que eu posso ajudar neste projecto tão ambicioso e sinto-me bem por isso. Estou aqui para ajudar esta equipa a atingir o máximo, a chegar ao melhor nível possível, e para responder àquilo que as pessoas pretendem. É um desafio importante.

Miúdos preparados para vencer
A minha responsabilidade é a de trazer experiência e ajudar os mais jovens no que for possível, dentro e fora do campo. Essa é mais uma motivação para mim. Este grupo tem muita qualidade e acho que vão sair daqui jogadores muito equilibrados, muito fortes, com capacidades para actuar ao mais alto nível, que é o objectivo de todos. Há uma interacção muito boa entre todo o grupo de trabalho, a comunicação com os jovens é muito boa e estamos todos focados em lutar pelo mesmo, em lutar pelas vitórias do FC Porto. Os miúdos têm sido fantásticos e há aqui muita matéria-prima para crescer e garantir ao clube muitas vitórias.

Rui Gomes impõe estreia “forte” e “concentrada”

Rui Gomes conta as horas para a estreia do FC Porto B na Segunda Liga, seguro de que o grupo está preparado para dar boa resposta às exigências da competição. O Tondela é tido como um adversário que  vai causar dificuldades, mas a motivação do plantel azul e branco está bem e recomenda-se. A confirmar a partir das 11h15 de domingo.
Ansiosos pela estreia
Para Tondela conto com as mesmas dificuldades que teremos em todos os jogos fora e em casa. Este jogo tem, de facto, um conjunto de particularidades: para além de ser o primeiro da competição, o que implica alguma ansiedade extra, algum nervosismo, há o facto de ser contra uma equipa que acabou de subir e que fará deste jogo uma festa. É um momento especial também para eles e penso que isso trará dificuldades extra para nós, porque aumentará o clima de euforia à volta de jogo e exigirá de nós uma postura extremamente séria, concentrada e muito forte.

FC Porto e Académica discutem hoje primeito título da época

FC do Porto e Académica decidem, este sábado, o primeiro título da época de futebol, quando disputarem em Aveiro a 34.ª edição da Supertaça.
Os "dragões" são claros favoritos a ampliar a sua contagem no número de troféus, podendo atingir a 19.ª conquista, enquanto os academistas marcam presença pela primeira vez neste jogo decisivo.
Além de poderem estender o número de triunfos, os portistas, caso conquistem o troféu, batem um outro recorde no historial da prova, na que constituirá a quarta vitória consecutiva, o que nenhuma outra equipa conseguiu até agora.
A Académica, vencedora da Taça de Portugal na época passada, estreia-se na competição e o técnico Pedro Emanuel poderá oferecer, se vencer os "dragões", o terceiro título de cariz nacional ao emblema de Coimbra, contando com o "caneco" conquistado em 1938/39.
O FC Porto apresenta-se sem a estrela da companhia, o brasileiro Hulk, que está ao serviço da seleção olímpica nos Jogos de Londres2012, tal como Danilo e Alex Sandro.
Porém, Vítor Pereira tem à sua disposição reforços que levantaram expetativas na pré-temporada, nomeadamente os avançados Jackson Martinez e Cristian Atsu.
Por sua vez, Pedro Emanuel apresentará como "trunfo" um plantel refrescado com perto de uma dezena de reforços, três deles para o ataque: Carlos Saleiro (formado no Sporting e ex-Servette), Cissé (da Guiné-Conacri, ex-Arezzo, Itália) e Afonso (do Brasil, ex-Corinthians Alagoano).


Pinto da Costa assume reunião com o Zenit


Presidente do FC Porto admite que tem estado em contactos com responsáveis do clube russo, mas não para negociar Hulk, que - insiste - só sairá do Dragão por 100 milhões de euros.
Jorge Nuno Pinto da Costa espera que "Hulk continue a ser jogador do FC Porto" na próxima temporada, mas admite que o Incrível até poderá deixar o Dragão... desde que alguém pague a cláusula de rescisão do brasileiro, fixada em 100 milhões de euros.
"Hulk sai se for do interesse do FC Porto e do interesse de Hulk, mas até este momento não houve nenhuma movimentação que me leve a crer que vamos chegar a esse ponto", frisou o presidente dos dragões, esta sexta-feira. "Se algum clube o quiser, não precisa sequer de se deslocar cá [ao Porto], é só pagar", reforçou.
O líder dos azuis e brancos admitiu que tem estado em contacto com os responsáveis do Zenit, mas "não para tratar de Hulk". O dirigente não falou, porém, sobre eventuais compras ou vendas de outros jogadores aos campeões russos, que contam com os portugueses Bruno Alves e Danny.

10/08/12

Jackson Martínez pode jogar pelo F. C. Porto com a Académica


Jackson Martínez está disponível para jogar este sábado (20.45 horas, RTP1), pelo F. C. Porto, em Aveiro, frente à Académica, no encontro da Supertaça de futebol, época de 2011/12. A revelação foi feita, esta quinta feira, por Vítor Pereira, técnico portista, na conferência de imprensa de antevisão do jogo com a Briosa.
O certificado internacional do avançado colombiano já chegou e, como tal, do ponto de vista legal, o ex-jogador do Jaguares, do México, pode estrear-se oficialmente pela sua nova equipa. "Sim, conto com ele. Está tudo regularizado", realçou o treinador dos dragões.
Sobre a revelação feita hoje no jornal "O jogo", de uma discussão entre Álvaro Pereira e Kléber, ocorrida no início desta semana, Vítor Pereira confirmou o incidente, mas salientou que tal nada tem a ver com a ausência do uruguaio, nos últimos dias, dos treinos, alegadamente para "tratar de assuntos pessoais".
"Aconteceu uma situação normalíssima, que por vezes acontece no F. C. Porto e em outros clubes, que foi resolvida na hora. O treino foi disputado nos limites da agressividade, com níveis altos de stress...", acrescentou o técnico dos bicampeões nacionais.
Em relação ao jogo do próximo sábado, Vítor Pereira mostrou-se confiante na conquista das vitória. "A Académica é uma equipa organizada, que chega à Supertaça com mérito, mas sinto o grupo motivadíssimo e consciente da importância do jogo que vamos realizar", referiu, a propósito do embate com os estudantes.
Para o treinador portista, o troféu que abre a temporada "é importante", dada a filosofia de vitória do clube e, além disso, acredita que um triunfo azul e branco constituirá "um impulso para o início do campeonato", na semana seguinte.

Vítor Pereira confirmou incidente entre Álvaro Pereira e Kléber

O treinador do F.C. Porto, Vítor Pereira, confirmou, esta quinta-feira, um incidente entre os futebolistas Álvaro Pereira e Kléber durante o treino de segunda-feira, relativizando-o como algo que acontece quando se trabalha nos limites da agressividade.
São coisas que acontecem. Não muitas vezes no F.C. Porto, mas acredito que acontecem em todo o lado, começou por dizer o técnico, questionado sobre o caso relatado no jornal O Jogo, que esta quinta-feira revelou um incidente entre os dois jogadores durante o treino de segunda-feira, e depois no balneário.
O treinador enquadrou a situação num contexto profissional muito exigente, muito duro, com uma exposição mediática muito grande, que leva a níveis de 'stress' muito altos.
Porém, não vi nada de tão especial que justifique tantas páginas de jornal. Foi um treino disputado nos limites da competitividade e não tenho mais nada a acrescentar, disse Vítor Pereira.
Segundo o treinador, a ausência de Álvaro Pereira, desde o treino de terça-feira, não está diretamente relacionado com algum tipo de ação disciplinar.
Está autorizado para tratar de assuntos pessoais e o episódio não tem a ver com essa autorização, garantiu.

Olegário Benquerença apita Supertaça


Olegário Benquerença é o árbitro eleito pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para apitar o jogo da Supertaça Cândido de Oliveira, entre o campeão nacional, FC Porto, e o vencedor da Taça de Portugal, Académica.
Recebi esta nomeação com uma enorme alegria. A Supertaça Cândido de Oliveira é uma competição de enorme importância e pergaminhos no panorama do futebol português e todos os árbitros – e eu não fujo à regra – sonham um dia poder dirigi-la, afirmou o juiz de Leiria.
Esta é a segunda vez que Olegário Benquerença apita a Supertaça. A primeira foi em 2005, quando o Benfica derrotou o Vitória de Setúbal.
O FC Porto e a Académica disputam sábado o primeiro troféu da nova época. O jogo disputa-se no Estádio Municipal de Aveiro, às 20h45.

08/08/12

Com Hulk e Alex Sandro Brasil vai brigar pelo o ouro inédito em Londres

Foto: Portal Terra

Por Carlos Santos, Curitiba - Brasil

Ontem Brasil ganhou as meias de finais dos jogos Olímpicos 2012 Londres no futebol masculino.

Jogo começou nervoso pois os coreanos faziam pressão e quase fizeram o golo inaugural da partida.

Brasil foi para cima e abriu o placar com Romulo. Placar do primeiro tempo.

Alex Sandro voltou a jogar pois tinha sido expulso contra a Nova Zelândia e não pode atuar no último jogo contra Honduras.

No Segundo Tempo o Brasil aproveitou os erros da Coreia do Sul que entregava fácil a bola se fosse fortemente marcada.

Até que a estrela de Leandro Damião brilhou e ele marcou mais 2 golos para o Brasil.
Hulk começou a partida no banco de reservas mais entrou no segundo tempo. Ajudando a seleção canarinha a conseguir mais uma vitória e ainda por 3 golos.

Alex Sandro devolta na titularidade depois de cumprir expulsão

Final agora será contra o México no Sábado 11 de Agosto no Estádio Wembley às 15:00 - Horário de Lisboa com transmissão da Rede Record Internacional. Brasil nunca foi campeão olímpico de futebol perdeu a final em 1984 em Los Angeles e 1988 em Seul. Quem for o campeão conquistará o título inédito porque o México, também nunca levou a medalha de ouro nessa modalidade em Jogos Olímpicos.

07/08/12

Mão cheia de dispensados no F.C. Porto: o que fazer deles?

Estas informações foram recolhidas pelo site Maisfutebol e por isso precisam de confirmação. 
A listagem oficial, ainda que preliminar, do plantel do F.C. Porto não os contempla. Rafael Bracali, David Addy, Sapunaru, Fernando Belluschi e Ukra passam os dias embargados na dúvida. Sem espaço nos campeões nacionais, o que se segue?
É verdade que o fecho do mercado está projetado apenas para o final de agosto. Há um espaço de tempo razoável para que todos estes dossiers sejam harmoniosamente definidos, para bem do clube e dos atletas.
Caso a caso, aqui fica a análise do Maisfutebol.





Rafael Bracali
Será, porventura, a maior surpresa neste grupo de excedentários. Tem 31 anos, contrato até 2013 e demasiada concorrência na luta pela baliza. Vítor Pereira afirmou contar com ele, talvez numa exteriorização de boas intenções. Apenas isso, porém. Minutos antes, o brasileiro ficara de fora na apresentação aos adeptos. O azar de Bracali chama-se Fabiano Freitas. Poucos acreditariam que o gigante ex-Olhanense mostrasse tamanha capacidade logo nas primeiras semanas de dragão ao peito.
2011/12: 7 presenças em jogos oficiais no F.C. Porto






Fernando Belluschi
O F.C. Porto pede à volta 3,5 milhões de euros pelo seu passe (50% na posse do clube). Treina diariamente à parte com os restantes ostracizados e aguarda por um novo desafio na Europa. Cedido em janeiro ao Génova, Belluschi deixou uma margem de simpatia apreciável junto dos adeptos do F.C. Porto, mas nunca aparentou convencer o treinador Vítor Pereira. O empresário Alberto Meo tem-se mantido incontactável, a mãe, Sílvia Belluschi, diz ao Maisfutebol que o desejo maior é «voltar a Itália», visto que as portas no F.C. Porto «estão fechadas». O argentino estará, de resto, «magoado» com os dragões.
2011/12: 26 jogos, 1 golo no F.C. Porto; 14 jogos e 1 golo no Génova





David Addy
As opções do lateral esquerdo ganês no F.C. Porto esgotam-se. Época após época é notória a falta de entusiasmo dos responsáveis pelo valor do atleta de 22 anos. A interrogação sobre Alvaro Pereira e a presença de Alex Sandro nos Jogos Olímpicos prometiam-lhe mundos e fundos, mas uma lesão arruinou-lhe as esperanças. O contrato estende-se até junho de 2013 e Olhão pode ser a próxima paragem. O agente Patrick Mork, contactado pelo Maisfutebol, não se alongou em comentários. «Não sei o que o clube pretende dele. Esta é uma época importante para o Addy, ele tem de jogar. Olhanense? Não fui informado dessa possibilidade».
2011/12: 25 jogos e 1 golo no Panetolikos





Sapunaru
Miguel Lopes e Danilo são as preferências de Vítor Pereira e da SAD portista para a posição de lateral direito. Sem representante oficial, Sapunaru trabalha à parte do plantel diariamente, enquanto aguarda por uma boa notícia. Possui mais uma temporada de ligação e uma cláusula de rescisão no valor de 25 milhões de euros. O clube vê com bons olhos uma transferência entre os 4 e 5 milhões de euros. Já foi associado ao Inter e ao Saragoça. As conversas não avançaram.
2011/12: 21 jogos oficiais e 2 golos no F.C.Porto




Ukra
Ligado ao F.C. Porto até 2014, Ukra é o típico caso de afirmação eternamente adiada. Teve algumas oportunidades no reinado de Villas-Boas, lesionou-se e mudou-se para o Sp. Braga. Após uma série de boas indicações, voltou a magoar-se e a perder fôlego na carreira. Representado por Jorge Mendes, é fortemente desejado por Sérgio Conceição no Olhanense. Foi no Algarve, de resto, que começou a aparecer ao primeiro nível. Para já, aos 24 anos, trabalha nas instalações dos dragões, separado do grupo principal.
2011/12: 9 jogos oficiais e 2 golos no Sp. Braga

RUMORES: Belluschi oferecido a clubes italianos


O médio argentino, que na temporada passada esteve cedido ao Génova, não entra nas contas de Vítor Pereira e a SAD azul e branca está a tentar colocá-lo, tendo-o oferecido ao Parma, ao Nápoles e ao Chievo. 
Depois do interesse do Mónaco, chegam agora de Itália notícias de que será o próprio FC Porto a tentar solucionar o futuro de Fernando Belluschi, jogador que chegou ao Dragão em 2009, ainda sob o comando técnico de Jesualdo Ferreira.
Esta segunda-feira, e de acordo com o portal 'tuttomercatoweb.com', os responsáveis dos campeões nacionais terão mesmo entrado em contacto com os dirigentes do Parma, do Nápoles e do Chievo para consumarem a transferência do internacional argentino de 28 anos.
Descartada parece estar a hipótese de rumar aos gregos do Olympiacos, agora treinados pelo português Leonardo Jardim.
Recorde-se que o contrato que liga Belluschi aos dragões é válido até junho de 2014.

Numeração do plantel do F.C. Porto:

1- Helton
2- Danilo
3- Lucho
4- Maicon
5- Alvaro Pereira
6- Castro
7- Iturbe
8- João Moutinho
9- Jackson Martínez
10- James Rodríguez
11- Kléber
12- Hulk
13- Miguel Lopes
14- Rolando
15- Emídio Rafael
16- Sereno
17- Varela
20- Djalma
21- Marc Janko
22- Mangala
23- Abdoulaye
24- Fabiano
25- Fernando
26- Alex Sandro
27- Christian Atsu
28- Kelvin
30- Otamendi
35- Defour
41- Kadú

Fernando: “Mereço estar na selecção”


Estou há quatro anos a fazer um grande trabalho no FC Porto, onde conquistei dez títulos, entre eles a Liga Europa. Estou numa grande fase, jogo entre os melhores e acredito que falta apenas uma oportunidade para eu mostrar que mereço estar na selecção brasileira", afirmou ontem o médio portista Fernando.
O brasileiro, em entrevista ao Lancenet, não escondeu que representar o escrete é o seu principal objectivo: "É um grande sonho. Desde pequeno achava que ia chegar à selecção e vou conseguir. É algo que falta no meu currículo e vou trabalhar muito para isso."
Fernando, de 25 anos, foi internacional brasileiro sub-20 em 2007 (foi campeão sul-americano). "Essa convocatória foi das mais importantes na minha carreira. Ajudou-me muito a chegar até onde estou hoje", prosseguiu o atleta, que é cobiçado por grandes clubeseuropeus, com o Inter de Milãoà cabeça.
O médio analisou ainda o seu percurso nos dragões, onde chegou com 19 anos: "O FC Porto é um grande clube. É complicado manter a titularidade, mas, graças a Deus, tenho conseguido."
Entretanto, Fernando foi ontem poupado no treino para recuperar totalmente de uma entorse no tornozelo esquerdo. Fez trabalho de ginásio e deve ser opção para o jogo do próximo sábado com a Académica, na final da Supertaça Cândido Oliveira, no Estádio Municipal de Aveiro (20h45).

06/08/12

Pinto da Costa fala em "parceria de sucesso"


O presidente do FC Porto classificou este domingo de parceria de sucesso a ligação que o clube mantém com o município de Vila Nova de Gaia, localidade onde os dragões têm instalado o seu Centro de Estágios.
Pinto da Costa falou este domingo na cerimónia do 10º aniversário da inauguração do complexo de treinos portista, que decorreu à margem do jogo de apresentação da equipa B do FC Porto frente ao Celta de Vigo, que teve lugar no Estádio Luís Filipe Menezes.
Todo este empreendimento é motivo de regozijo para nós. Depois de tantas tentativas de implementar este centro de estágio no norte do País, foi por iniciativa do doutor Luís Filipe Menezes [autarca de Gaia] que partimos para esta boa aventura que se pautou numa parceria de sucesso, disse Pinto da Costa.
O presidente do FC Porto fez ainda questão de comentar a prestação dos jovens jogadores da equipa B do clube, destacando que muito deles fizeram o seu percurso como homens e jogadores neste complexo.
Estou certo que alguns vão jogar na equipa principal, rematou.
Sobre esta parceria com o clube, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Luís Filipe Menezes, classificou-a de casamento perfeito.
O concelho ganhou muito em termos de divulgação e impacto para a tecido económico, ter cá um clube de referência a nível nacional e o FC Porto também ganhou um espaço tranquilo e organizado para desenvolver o seu trabalho. É um casamento perfeito, disse o autarca.
No decorrer desta cerimónia, os dois presidentes, trocaram lembranças, com Luís Filipe Menezes a entregar a Pinto da Costa a medalha de ouro do município e a receber do dirigente portista um conjunto de esquissos históricos do Estádio do Dragão.

05/08/12

RUMORES: Bracali e Addy excluídos do plantel portista

Segundo afirma o DN, o técnico Vítor Pereira cortou dois elementos ao grupo, que conta ofocialmente com 29 jogadores nesta altura
O guarda-redes Bracali e o defesa lateral David Addy estão excluídos do plantel da equipa do FC Porto, conforme a lista oficial de 29 futebolistas apresentada este sábado aos órgãos de comunicação social.
Ainda com poucas informações sobre as duas dispensas, confirma-se, por outro lado, a continuidade do guardião brasileiro Fabiano, contratado durante o defeso ao Olhanense, e que chegou a ser apontado como possível emprestado na presente temporada.
Porém, após o encontro deste sábado com o Lyon (0-0), questionado sobre a ausência do guarda-redes contratado ao Nacional da Madeira na época anterior, o treinador Vítor Pereira não confirmou a sua dispensa: "É jogador do FC Porto, está cá e conto com ele".
A "janela" do mercado futebolístico permanece aberta até 31 de agosto, pelo que a atual listagem pode ainda sofrer alterações, tendo em conta o "interesse" de clubes estrangeiros por alguns jogadores portistas, sendo Hulk, João Moutinho e Álvaro Pereira aqueles que mais vezes surgem como potenciais alvos de transferência.

Lista dos 29 jogadores do plantel do FC Porto 2012/13:
Guarda-redes: Helton, Fabiano e Kadú.
Defesas: Danilo, Maicon, Álvaro Pereira, Miguel Lopes, Rolando, Emídio Rafael, Sereno, Mangala, Abdoulaye, Alex Sandro e Otamendi.
Médios: Lucho González, Castro, João Moutinho, Fernando e Defour.
Avançados: Iturbe, Jackson Martinez, James Rodriguez, Kléber, Hulk, Varela, Djalma, Janko, Cristian Atsu e Kelvin.

A aguardar confirmação destas notícias... Todavia, vamos confirmar...

Empresário nega propostas por Hulk

O empresário do brasileiro Hulk, do FC Porto, negou em declarações à imprensa brasileira que haja qualquer oferta pelo avançado. Teodoro Fonseca, contudo, diz que até final de Agosto tudo pode acontecer.
"Não estamos a conversar com nenhum clube neste momento. O Hulk está totalmente concentrado nos jogos da seleção brasileira nas Olimpíadas de Londres. Não há pressa. A janela do mercado só termina a 31 agosto. E ele também tem contrato com o FC Porto", disse o empresário.

FC Porto apresenta-se com duas novidades, muitas ausências e pouco futebol


Um relvado novo, dois equipamentos estreados e Jackson Martínez. Ao sétimo jogo na pré-época 2012-13, o FC Porto apresentou-se aos sócios, mas as novidades no Estádio do Dragão foram poucas, as ausências muitas e a qualidade do futebol sofrível. Frente aos franceses do Lyon, os portistas empataram a zero num tipico (mau) jogo de pré-época.
Caras novas eram duas (o avançado Jackson Martínez e o guarda-redes Fabiano) e velhos conhecidos de regresso após empréstimos meia dezena (Miguel Lopes, Christian Atsu, Castro, Sereno e Kelvin), mas nos últimos anos será difícil encontrar um jogo de apresentação do FC Porto com tão poucos motivos de interesse. Excluindo a aguardada estreia pelos adeptos portistas, no Estádio do Dragão, de Martínez, o sétimo encontro de preparação dos “azuis e brancos” ficou marcado pelas ausências no “onze” escolhido por Vítor Pereira. Para além do trio de brasileiros que está nos Jogos Olímpicos (Hulk, Danilo e Alex Sandro), o treinador do FC Porto deixou no banco os portugueses que estiveram no Euro 2012 (João Moutinho, Rolando e Varela).
O resultado deste cocktail foi uma equipa inicial que deverá estar longe do “onze” que Pereira tem idealizado para atacar a época 2012-13. Com a ausência de Alex Sandro e com Alvaro Pereira, mais uma vez, esquecido no banco, Mangala tapou o lado esquerdo da defesa e na direita o regressado Miguel Lopes fez de Danilo. Apesar do interesse do Inter, Fernando apresentou-se no sítio do costume num trio de meio-campo completado com o capitão Lucho e Defour. Na frente, para além da novidade Martínez e do incontestado James Rodriguez, jogou Atsu. O extremo ganês continua a merecer a confiança de Vítor Pereira e voltou a mostrar que merece um lugar no plantel “azul e branco”.
Frente ao Lyon, que já realizou um jogo oficial (conquistou a Supertaça francesa há uma semana), o FC Porto até começou bem, mas apesar das arrancadas de Atsu na esquerda, as oportunidades de perigo no primeiro tempo foram quase inexistentes. As excepções foram protagonizadas por Jackson Martínez que dispôs de três ocasiões para marcar aos 7’, 34’ e 42’. No entanto, o zero ao intervalo vestia bem às duas equipas.
No recomeço, Moutinho surgiu no lugar de Fernando (Defour passa a jogar como médio mais recuado) e o futebol portista melhorou ligeiramente. As oportunidades, no entanto, continuaram a rarear.
Aos 51’ um remate de Lucho ainda deu a sensação de golo, mas foi falso alarme: a bola embateu nas redes laterais da baliza de Lloris. Pouco depois, o guarda-redes francês voltou a ganhar o duelo com Martínez e, aos 60’, Maicon testou a pontaria na marcação de um livre, mas a bola passou ligeiramente por cima. Depois, com as muitas substituições de ambos os lados, o jogo caiu ainda mais de qualidade e, sem surpresa, a partida acabou empatada a zero numa estreia cinzenta do campeão nacional em casa.
Dentro de uma semana, em Aveiro, frente à Académica, para a Supertaça, já será a "sério".

Ficha de jogo: FC Porto 0 Lyon 0
Estádio do Dragão, no Porto
FC Porto Helton (Fabiano Freitas, 78’), Maicon, Miguel Lopes (Sereno, 78’, Iturbe, 89’), Mangala, Otamendi (Rolando, 78’), Lucho (Kelvin, 78’), Fernando (João Moutinho, 46’), Defour (André Castro, 68’), Jackson Martínez (Kléber, 78’), James Rodríguez (Varela, 68’) e Atsu (Djalma, 68’). Treinador Vítor Pereira.
Lyon Lloris, Réveillère (Dabo, 72’), Cris (Umtiti, 72’), Koné a89’, Cissokho, Fofana (Malbranque, 57’), Gonalons, Gourcuff, Briand (Grenier, 79’), Gomis e Lacazette (Pied, 79’). Treinador Rémi Garde.
Árbitro Artur Soares Dias, do Porto.