02/10/07

Jesualdo Ferreira: «Sabemos o que temos de fazer»


Abordagem clara e objectiva, sem direito a pensamentos dúbios ou reticências. Jesualdo Ferreira assume que o F.C. Porto conhece os métodos para derrotar o Besiktas e que a sua equipa quer repetir uma tendência de sucesso que vem da temporada passada. O www.fcporto.pt transcreve a conferência de Imprensa desta tarde, em Istambul.

Qual é a forma de ganhar num campo tradicionalmente difícil como o do Besiktas?
Temos um conhecimento bom desta equipa e sabemos também do clima que se vive neste estádio, com o apoio de um público que ama a sua equipa. Para o Besiktas este jogo tem tanta importância como para o F.C. Porto. É o segundo de seis, mas tem importância muito grande. O Besiktas conhece o F.C. Porto como nós os conhecemos. Temos o nosso plano, sabemos o que temos de fazer. Espero que o jogo corra de acordo com o plano que vamos traçar. Na linha do que temos feito na UEFA Champions League, estou convencido de que o F.C. Porto conseguirá o resultado que deseja, que é ganhar. Vamos tentar tudo para fazer um jogo que seja de acordo com as nossas perspectivas futuras e, acima de tudo, com o valor que a equipa do F.C. Porto tem.
O empate com o Liverpool altera a forma de abordar este desafio?
Essa questão faz mais sentido na quinta ou sexta jornadas, em função daquilo que for o percurso da equipa. Para nós o jogo é extremamente difícil, mas vamos abordá-lo como abordamos todos os outros na época passada. Com sentimento de vencer e impor o nosso jogo. Vamos entrar no jogo com o sentido de poder ganhá-lo. Perdemos dois pontos com o vice-campeão da Europa, uma equipa muito forte, mas temos de os conquistar rapidamente também.
Sendo certo que as competições domésticas valem o que valem, o Besiktas pode ter o orgulho ferido por ter perdido o derby com o Galatasaray. Até que ponto isto pode influenciar amanhã?
O que se passou não vai afectar a equipa do Besiktas. Tudo o que existiu nesse jogo não nos motiva nem mais nem menos. O que nos motiva é aquilo que queremos fazer. São questões que ficam foram da perspectiva que temos para este jogo. São competições diferentes. Na UEFA Champions League joga-se tudo em pouco tempo.
Como é que o F.C. Porto vai parar o jogo ofensivo anunciado pelo Besiktas?
Vai haver momentos em que o Besiktas não vai conseguir atacar, vai haver outros momentos em que o F.C. Porto terá o controlo do jogo. Seguramente. Acho que vai ser um jogo equilibrado. O F.C. Porto tem um processo ofensivo claro. Com um espírito de poder atacar sempre que o Besiktas consentir e o F.C. Porto possa entrar em zona de ataque.


Fonte: Site Oficial

1 comentário:

disse...

Saudações...
Venho convidá-lo a visitar o novo design do Águia-de-Ouro, com novo template, novos conteúdos e a qualidade de sempre ...

Parabéns pela capacidade de actualização constante no seu blog!

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/


Obrigado!