20/06/08

"Bom tom" Crónica d'O Jogo de Hugo Sousa

A razão perde-se muitas vezes no tom. Há desentendimentos que nascem pela forma como as coisas são ditas e não necessariamente pela discordância com o que é dito. Digerida a mensagem principal da entrevista de Lucho a O JOGO, é justo concluir que ele soube dizer o que queria. Apesar de não lhe termos escutado o tom, não custa acreditar que as palavras traduzem fielmente a elegância que sugerem. E o rescaldo está à vista: ao que parece, ninguém levou a mal a vontade de seguir noutra direcção. Se Lucho não sair, terá de ser o treinador a encontrar as palavras certas para o convencer de que foi mesmo a melhor decisão. E, a avaliar pela entrevista de Jesualdo, também a O JOGO, o tom desse discurso estava já em ensaios...

1 comentário:

Fred disse...

Visitem:

http://perigonaarea.blogspot.com/

Interface gráfica renovada e qualidade e regularidade dos posts redobrada.
Todo o desporto, futebol, modalidades, competições, análises, votações, vídeos, talentos, resumos e muito mais,...

Obrigado pela visita!

Parabéns pelo blog e pelo trabalho desenvolvido!